PRECISO DE UM TEMPO

Thursday, 13 August 20

PRECISO DE UM TEMPO

Não se desespere! Você precisa parar por alguns minutos.

Muitas vezes as coisas não saem como planejado. E agora? O que fazer quando o problema saiu do controle? Apenas minutos é o que preciso, para compartilhar este texto que escrevi para meus colegas de trabalho.

 

PRECISO DE UM TEMPO.

CRISTAIS ACHADOS E PERDIDOS

 

Meu querido colega.

Quando me foi dada a oportunidade de conversar com você, muitos assuntos me vieram a mente, uma vez que gosto de trocar experiências e fico feliz em aprender com cada amigo que tenho dentro desta empresa. Era final de Junho, tinha ainda algumas provas da faculdade e um Trabalho de Conclusão de Curso da Pós Graduação para entregar. Minha programação foi estar livre para lhe escrever na segunda semana de Julho.

Mas como imprevistos acontecem, ocorreram alterações bruscas na rotina de minha família e na unidade onde atuo, o qual me deixaram totalmente atarefado sem quaisquer condições para sentar e transformar meus pensamentos em frases. Logo, a repetição dos afazeres, a impossibilidade de me dedicar aquilo que gosto (escrever), as constantes notícias trágicas dos boletins médicos relacionados a pandemia em minha cidade, estavam me sufocando, me encontrei em uma situação onde sentia não haver mais espaço para viver minha vida.

Creio que muitos neste momento podem estarem se sentindo assim, sufocados pela rotina, preocupados com os acontecimentos, com medo, assustados e até mesmo desanimados. Esse é um quadro desagradável, mas real e possível de acontecer com todos nós. Notei que as situações negativas estavam se multiplicando, os problemas aumentando. Cada vez que nascia um novo dia, a chance de o sol sorrir para mim parecia diminuir.

Lembrei-me de uma lição que aprendi com um livro de John Maxwell. Não se trata de uma lição sobre autoajuda ou mágica, mas uma observação que muito nos ensina para agir nestes momentos de constantes perdas ou acúmulos de sentimentos negativos. Falo de algo chamado por ele de Lei do Impulso.

Ele relata que se observarmos os jogos de Vôlei ou Basquete por exemplo, quando um time faz uma sequência de ataques certeiros, levando vantagem sobre o adversário, quem está perdendo pede tempo. Isto é para o técnico uma forma de quebrar aquela sequência de ataques, permitindo ao seu time se recompor, se organizar, reavaliar uma nova estratégia de ataque e virar o jogo.

Você pode agora estar perguntando: O que esta Lei do Impulso tem a ver comigo? Minha resposta é: Tudo. Se estamos em um momento prazeroso de nossa vida, devemos aproveitar este momento intensamente, porque a cada conquista aumenta mais vontade de continuar e vencer. Agora, se estamos em um momento de sucessivas perdas, derrotas, precisamos pedir tempo, frear essa sequência e reformular nossas estratégias.

Se um dia após o outro percebemos uma sequência de sentimentos ruins, a constante rotina, nosso ânimo diminuindo e nossas forças se minando, precisamos pedir tempo, fazer algo para interromper a sequência. Vamos quebrar essa rotina, aproveitar este momento e a partir dele ganhar forças para virar o jogo? O que te dá prazer que pode ser feito hoje? Assistir um filme? Ficar com quem ama? Tocar uma música? Fazer algum exercício? Pergunte para si mesmo: O que posso fazer para oxigenar minha vida? Faça isso. Tenho certeza que após esta pausa, este pedido de tempo no jogo da vida, você terá melhores condições de retornar. Nossa vida precisa de equilíbrio.

Ah! Quanto a mim, pedi um tempo para conversar com você e te garanto, após esta conversa vou voltar renovado para minhas tarefas, tendo a certeza que de alguma forma contribuí para seu dia.

Lembre-se:

“Tudo tem um momento em nossa vida, mas a duração e a intensidade deste momento dependem de nós.”

 

MATEUS GAMA RODRIGUES

Add comment

Fill out the form below to add your own comments

User data





Add your comment